SIMPÓSIO 01 – A GRAMÁTICA E SEU INTERFACEAMENTO COM OS CAMPOS DE ATUAÇÃO NA COMUNIDADE

Coordenadores: 

Maria Helena de Moura Neves - Universidade Presbiteriana Mackenzie / Universidade Estadual Paulista / CNPq - mhmneves@uol.com.br
Diana Luz Pessoa de Barros - Universidade Presbiteriana Mackenzie / Universidade de São Paulo / CNPq - dianaluz@usp.br ou dianaluz@mackenzie.br

Resumo: 

Este simpósio dá continuidade a uma proveitosa discussão que, em encontros anteriores do SIMELP, buscou avaliar o papel e o sentido da gramática no conjunto das reflexões sobre a linguagem acionada nas línguas naturais, com centro, obviamente, na língua portuguesa. Retoma-se, em especial, o tema do interfaceamento da gramática da língua (tida como cálculo da produção de sentido) com diversos campos de atuação na comunidade: (i) na base, com o campo da atuação política, já que todas as decisões e ações políticas nacionais se sustentam em uma identidade linguística; (ii) correlatamente, com os diversos campos de funcionamento social da linguagem, que respondem por variação, mudança e formação de padrões, exatamente os atestados da vida da língua; (iii) correlatamente, com a atuação escolar, já que as ações neste campo respondem às diretrizes e aos projetos políticos e sociais em relação à língua e ao uso linguístico em geral; (iv) correlatamente, com os diversos campos de produção criativa, já que ela ilustra uma vivência linguística privilegiada dos mecanismos de expressividade que a gramática da língua disponibiliza e governa; (v) finalmente, com o campo do discurso sobre a gramática da língua, já que as obras descritivas e metadescritivas constituem, em princípio, uma visão acurada e disciplinada sobre a língua em função.

Nos diversos campos, vai-se à explicitação de fontes teóricas seguras de sustentação dos interfaceamentos, desde o acionamento cognitivo das produções até as configurações de sentido e a produção de efeitos.

Palavras-chave: gramática; língua em uso; interfaceamentos em linguagem.

Minibiografias: 

Coordenador 01

MARIA HELENA DE MOURA NEVESmhmneves@uol.com.br
Professor emérito da UNESP. Doutor em Letras Clássicas pela USP, Livre-docente pela UNESP e Pesquisador 1a do CNPq. Foi membro do comitê de Letras e Linguística do CNPq (1994-1997; 2007- 2010). Coordena o Grupo de Pesquisa CNPq “Gramática de usos do português”. Pesquisa particularmente a teoria funcionalista da linguagem, as relações entre texto e gramática e a história da gramática. É autora de gramáticas de usos do português e de outras obras de teoria e de descrição linguística; é coautora de dicionários de usos da língua portuguesa e de dicionário grego-português.

Coordenador 02

DIANA LUZ PESSOA DE BARROS - dianaluz@usp.br ou dianaluz@mackenzie.br
Professora da Universidade Presbiteriana Mackenzie e Professora Titular aposentada da Universidade de São Paulo; foi presidente da ABRALIN, representante da área de Linguística no Comitê de Letras e Linguística do CNPq (1997- 1998; 2006 - 2009); é Secretária Geral da Associação de Linguística e Filologia da América Latina – ALFAL, e tem desenvolvido e orientado pesquisas, bem como publicado obras, nos domínios, sobretudo, da teoria e análise dos discursos, dos estudos da língua falada, da semiótica discursiva e da história das ideias linguísticas.