SIMPÓSIO 08 - SINTAXE PORTUGUESA: CONVERGÊNCIAS, DIVERGÊNCIAS e INFLUÊNCIAS

Coordenadores: 

Barbara Gori – Università di Padova – barbara.gori@unipd.it
Vanessa Castagna – Università Ca' Foscari di Venezia – castagna@unive.it

Resumo: 

Resumo:
O objetivo deste simpósio é o de trazer para debate aspectos da língua portuguesa dos países que constituem o seu espaço de expressão oficial (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné - Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe), bem como dos crioulos de base portuguesa, com a possibilidade de os comparar entre si e com outras realidades linguísticas, em primeiro lugar o italiano.
O simpósio abrange duas vertentes: a primeira vertente envolve a sintaxe, enquanto a segunda visa explorar o plano comunicativo, em particular a identificação convergente/divergente dos diferentes níveis de língua. Deste modo, pretende-se: (1) analisar e discutir sobre os diferentes aspetos sintáticos presentes nas diferentes normas/variedades do português; (2) investigar, analisar e comparar a expressão de registos linguísticos diversos, através de tipologias textuais variadas, com as suas respetivas normas de redação, desde a produção literária até específicos contextos de gíria (3) refletir acerca das possíveis convergências, divergências e influências desses aspetos sintáticos e comunicativos; (4) buscar uma compreensão da relação entre os comportamentos sintáticos e comunicativos analisados.
A partir desse debate, espera-se ensejar reflexões direcionadas para a necessidade de estudos sistemáticos tanto sobre a sintaxe como sobre a expressão típica dos diversos registos linguísticos do português que reconheçam as especificidades que a diversidade dos contextos lusófonos revelam e que valorizem, possibilitem e legitimem a existência de variedades do português em cada um desses espaços.

Palavras-chave: Sintaxe portuguesa; registos linguísticos; níveis da língua; lusofonia; variedades linguísticas do português

Minibiografias: 

Barbara Gori licenciou-se em Língua e Literatura Portuguesa pela Faculdade de Letras da Universidade de Florença (Itália), com uma tese interdisciplinar em Glottologia. No ano 2006 discutiu a tese de Doutoramento sobre os problemas da colocação dos pronomes clíticos no português actual (Portugal e Brasil). Actualmente é professora na Faculdade de Letras da Universidade de Pádua (Itália), onde leciona a língua e a literatura portuguesa e brasileira. Ocupa-se de língua e literaura portuguesa, de literatura brasileira e de língua e literatura africana de expressão portuguesa. Membro da AIL e da AISPEB.

Vanessa Castagna é investigadora de Língua Portuguesa e Brasileira – Língua e Tradução no Departamento de Estudos Linguísticos e Culturais Comparados da Universidade Ca’ Foscari de Veneza. Os seus principais interesses concernem ao ensino da língua portuguesa a estrangeiros, à tradução, quer como prática quer como objeto de estudo e teorização, e à intercompreensão entre línguas românicas, sendo autora de artigos e ensaios sobre estes temas.

Referências: 

Bagno, Marcos, Português ou Brasileiro?: Um Convite à Pesquisa, São Paulo: Parábola Editorial, 2004.

Bechara, Evanildo, Moderna Gramática Portuguesa. Atualizada Pelo Novo Acordo Ortográfico, Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.

Duarte, Isabel – Brito, Ana Maria, «Sintaxe», in Isabel Hub Faria (organizadora), Introdução à Linguística Geral e Portuguesa, Lisboa: Caminho, 1996.

Eliseu, André, Sintaxe do Português, Lisboa: Caminho, 2008.

Gärtner, Eberhard, Grammatik der portugiesischen Sprache, Tübingen: Niemeyer Verlag, 1998.