SIMPÓSIO 26 – ESTUDOS CRÍTICOS DO DISCURSO E GRAMÁTICA SISTÊMICO-FUNCIONAL NO CONTEXTO DO PORTUGUÊS BRASILEIRO

Coordenadores: 

Denize Elena Garcia da Silva - Universidade de Brasília - denizelena@gmail.com

Leila Barbara - Pontíficia Universidade Católica de São Paulo - lbarbara@uol.com.br

Resumo: 

A proposta abre espaço para trabalhos de pesquisa voltados para a Língua Portuguesa, que privilegiem a relação entre o discurso - dimensão que faz da língua um contrato social – e a interioridade da gramática desde uma perspectiva sistêmico-funcional. Na dimensão discursiva, propomos a conjugaçao dos estudos críticos do discurso, desenvolvidos por Fairclough (2001, 2003) no âmbito da Análise de Discurso Crítica (ADC), com as formas de representação de atores sociais sugeridas por van Leeuwen (1997, 2009). Trata-se de duas propostas de modelos de análise linguístico-discursiva que se encontram respaldadas nas bases sistêmico-funcionais da linguagem defendidas por Halliday (1994), para quem existem dois propósitos gerais que subjazem a todos os usos da língua: entender e explicar o os significados em contexto (função ideacional), bem como atuar nele com o outro (função interpessoal), o que remete a uma terceira função (textual), ou seja, o texto como mensagem estruturada para atender a propósitos comunicativos.

Como objetivo específico, buscar-se-á discutir, com base em dados empíricos do português brasileiro (PB), o aspecto multifuncional da linguagem, bem como o fenômeno da multimodalidade, associado a (con)textos que implicam representações linguístico-discursivas, em documentos reais recolhidos em contextos específicos, nas vozes de poder de atores sociais ligados a instituições, em decorrência da a posição que ocupams na sociedade e, sobretudo, nas voz daqueles que vivem ou já viveram situações de opressão.

Palavras-chave: discurso, atores sociais, análise de discurso crítica, gramática sistêmico-funcional (5 máximo).

Minibiografias: 

Coordenador 01 – Denize Elena Garcia da Silva
Professora Colaboradora Plena junto ao Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade de Brasília (UnB), onde atua como docente e orientadora em pesquisas voltadas para Análise de Discurso Crítica (ADC) e Linguística Sistêmico-Funcional (LSF). Como docente na graduação da UnB, desenvolveu pesquisas em Filologia Românica e Língua Portuguesa. Entre suas publicações, destaca-se a obra Percursos filológicos nas trilhas das línguas românicas, publicada em 2009.

Coordenador 02 – Leila Barbara
Professora titular de Linguística da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, vinculada ao Programa de Estudos Pós-Gradualos em linguística Aplicada e Estudos da Linguagem e ao Departamento de Linguístia da Faculdade de Comunicação e Filosofia. Dedica-se a estudos de lingugem em contexto, ancorados na Linguística Sistemico-Funcional. Privilegia a pesquisa em corpora, apoiando-a na ferramenta Word-Smith Tools, em especial a Lista de Palavras e o Concordanciador. Seu principal corpus de estudo envolve uma grande coleção de artigos científicos em português, sem deixar de lado outros tipos de produção,inclusive em inglês e espanhol, principalmente escritos, sem detrimento de outros gêneros de interesse para estudantes e cientistas.