SIMPÓSIO 39 – AVALIAÇÃO EM PORTUGUÊS LÍNGUA MATERNA, SEGUNDA E ESTRANGEIRA

Coordenadores: 

Matilde Virginia Ricardi Scaramucci - Universidade Estadual de Campinas - matilde@scaramucci.com.br
Leandro Rodrigues Alves Diniz Universidade Federal de Minas Gerais - leandroradiniz@gmail.com

Resumo: 

Em tempos de globalização, a intensificação dos fluxos migratórios reforça a necessidade de cursos e exames de proficiência em língua materna e estrangeira, incluindo aqueles voltados para fins profissionais e acadêmicos. Muitos países têm reestruturado seus sistemas educacionais, e exames são instrumentos de mudança e reorientação. Cresce, assim, a demanda por conhecimentos sobre avaliação e, consequentemente, a importância da área. Este simpósio objetiva reunir pesquisas sobre diferentes tipos de avaliação (rendimento, classificação, proficiência) em português língua materna, segunda e estrangeira, que abordem, entre outros, aspectos de validade, motivações, consequências, implicações sociopolíticas.

Palavras-chave: Português, língua materna, segunda e estrangeira, tipos de avaliação

Minibiografias: 

Matilde Virginia Ricardi Scaramucci tem licenciatura em Letras (português/inglês) pela Universidade do Vale do Paraíba (Univap, São José dos Campos), mestrado em TESOL pela San Jose State University (Califórnia), doutorado em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas e pós-doutorado pela University of Melbourne, Austrália. Atualmente é professora titular do Departamento de Linguística Aplicada e Diretora do Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp. É uma das autoras do exame Celpe-Bras e membro da Comissão Técnico-Científica desse exame de 1993-2006 e 2012- atual.

Leandro Rodrigues Alves Diniz é bacharel, mestre e doutor em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e professor adjunto na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde atua, particularmente, na área de Português como Língua Adicional. Foi professor da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila). Desde 2012, é membro da Comissão Técnico-Científica do Celpe-Bras, tendo integrado, ainda, a equipe de coordenadores do Eixo de Português para Estrangeiros do Projeto Mais Médicos para o Brasil. É autor de materiais didáticos para o ensino de Português como Língua Materna e como Língua Adicional.